IR al BLOG
Publicado en
Streaming
24/2/2021

Novos modelos de produção e de criação de conteúdo

Em um mundo transformado por conta do novo coronavírus, canais, produtores e idealizadores de eventos corporativos tiveram que encontrar novas formas de criar, produzir e distribuir conteúdo

Cientistas, médicos, doutores, infectologistas e estudiosos de comportamento social passaram a dizer que o mundo não será mais o mesmo por conta da pandemia causada pelo novo coronavírus. A humanidade começou a repensar e mudar diversos tipos de comportamento e por conta dessa mudança uma palavra começou a cair no gosto popular em 2020, sendo O Novo normal

Trazendo esse contexto de mudança para a área de comunicação, especificamente para o mercado de streaming, o que temos observado é um novo jeito de consumir e produzir conteúdo. Em uma época de isolamento social o consumo de conteúdo de streaming de vídeo no Brasil teve aumento de 60% e de Connected TV (TV conectada) 44%, respectivamente.

Ainda segundo informações do Think With Google, fonte do Google para ideias, tendências e pesquisas em marketing digital, a procura por lives aumentou 450% nas buscas diárias. Esses dados reforçam o papel do entretenimento como parte de uma tentativa de recuperação de alguma normalidade para a vida em meio a pandemia. 

Para entender essa nova dinâmica de mercado e a incerteza de um mundo onde os eventos corporativos precisam se reinventar, aconteceu o Seminário Brasil Streaming 2020, sendo este o principal evento do mercado de distribuição de conteúdo audiovisual por streaming e vídeo On Demand. O evento, que teve transmissão realizada pela Mediastream, contou com a presença de produtores de conteúdo, programadores, especialistas da área, empresas de Internet, distribuidores de vídeo por assinatura e empresas de tecnologia.

No painel Novos modelos de produção e de criação de conteúdo, com mediação de Samuel Possebon, diretor editorial da Teletime News, participaram: Marco Lopes (CEO da Mediastream), Roberto Stecca (Cogna Educação), Róger Carlomagno (ViacomCBS), Álvaro Pacheco (Pipeline Capital) e Julio Worcman (Canal Curta!). 

A ideia do debate surgiu da discussão sobre o que tem significado esses últimos meses por conta da pandemia, mas não só por conta dela, em relação também às mudanças que está acontecendo em vários segmentos da economia e da sociedade nas formas de explorar e utilizar o streaming para desenvolver negócios.

O painel rico em dados e informações precisas pode ser assistido gratuitamente clicando no link abaixo.

https://mdstrm.com/embed/5f1306d36b9cf04c7a31b996

entre em contato
Mediastream

Últimos Posts

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência no nosso site e gravar as informações quando você nos solicita um contato. Ao acessar o site Mediastream você concorda com a utilização desses recursos. Para mais informações confira nossa Política de Privacidade.
Concordo