IR al BLOG
Publicado en
OTT
8/3/2021

Conheça as principais plataformas over the Top (OTT) do mundo

A forma de consumir conteúdo audiovisual mudou drasticamente na última década. Aos poucos fomos trocando conteúdo acessado por meio da TV paga (cabo ou satélite) e passamos a serviços de streaming como Netflix, HBO GO e Amazon Prime Video

A TV paga está passando por um grande declínio e os serviços de streaming estão liderando a entrega de conteúdo audiovisual. Esses tipos de plataformas são chamadas de Over The Top ou OTT. Mas o que isso significa exatamente?

O que são plataformas Over The Top?

As plataformas Over The Top referem-se a serviços livres de transmissão de conteúdo, que vão diretamente aos consumidores e não através dos provedores ou operadores de serviços de transmissão tradicionais.

Ou seja, esses tipos de plataformas são capazes de disseminar conteúdo pela internet sem a necessidade de operadoras de cabo para transmiti-lo. Para que o usuário possa acessar o conteúdo ele precisa apenas de duas coisas: um dispositivo eletrônico (celular, computador, smart tv ou tablet, por exemplo) e acesso à internet.

Existem diferentes tipos de plataformas OTT, mas, em geral, as mais utilizadas são as de vídeo (também conhecida como OTT Video Platform) e streaming de música, como Spotify e Apple Music.

Principais tipos de plataformas OTT no mundo

As empresas OTT wm geral têm duas formas de oferecer transmissão, a primeira é por meio de modelos de assinatura e a segunda é por meio da inclusão de publicidade em sua plataforma. Detalhamos mais abaixo:

Modelo de assinatura: o pagamento é feito periodicamente, por exemplo,  mensalmente, para acessar o serviço e também existe a opção de um plano anual.

Entre as plataformas de vídeo OTT mais conhecidas que utilizam este modelo encontramos Netflix, Disney +, Amazon Prime Video e HBO GO, enquanto no lado de streaming de música estão Spotify, Apple Music, Google Music e Tidal.

É importante ressaltar que alguns deles, como o Spotify, possuem um modelo híbrido: se o usuário não pagar a assinatura, o OTT funcionará com anúncios.

Modelo com anúncios: é possível acessar gratuitamente, mas o usuário é obrigado  a ver anúncios intercalados entre os conteúdos. O lado positivo é que nenhum registro ou uso de um cartão de crédito é necessário.

Entre as plataformas mais conhecidas que utilizam este modelo estão Crunchyroll e Pluto TV.

A evolução das grandes empresas OTT

Graças ao aumento na velocidade de conexão dos serviços de internet e às melhores tecnologias de reprodução de conteúdo, as plataformas de streaming se posicionaram como a principal fonte de entretenimento diário para as pessoas e têm sido enormes principalmente durante a pandemia.

A Netflix iniciou suas operações em 1997, com um modelo de negócio baseado no aluguel de DVDs, uma década depois acrescentaria VOD (Vídeo On Demand) ao seu negócio, deixando os DVDs de lado e oferecendo apenas conteúdo on-line.

Em 2009, seus assinantes já ultrapassaram os 10 milhões. Dois anos depois chegaria à América do Sul e Caribe, alcançando o dobro do número de assinantes no último trimestre daquele ano: 21 milhões.

De 2011 até agora, seus números aumentaram exponencialmente, atingindo atualmente impressionantes 200 milhões de assinantes no mundo, e isso apesar de vários concorrentes virem surgindo ao longo dos anos.

Por região, a Netflix tem um número maior de assinantes no Canadá e nos Estados Unidos, cerca de 73 milhões ao final de 2020. É seguido pela Europa, Oriente Médio e África com 66 milhões, depois a América Latina com 37 milhões e, finalmente, 25 milhões na Ásia-Pacífico.

O conteúdo preferido pelas pessoas nessa plataforma é dividido igualmente entre séries e filmes. Títulos de filmes como "Tyler Rake", "Bird Box", "Spenser Confidencial" e "6 En La Sombra" são alguns dos mais vistos por seus assinantes, enquanto séries como "Bridgerton", "The Witcher", "Lupin ”E“ La Casa de Papel ”são alguns dos mais reproduzidos na plataforma.

Quantos latinos-americanos pagam por streaming?

O surgimento da Disney+

Outra marca que rapidamente se tornou uma gigante da OTT é o Disney+, um serviço que foi lançado apenas em novembro de 2019, e chegando à América Latina um ano depois. O crescimento da plataforma Walt Disney foi vertiginoso, ultrapassando 95 milhões de assinantes ao redor do mundo.

Um dos grandes atrativos da Disney + é que ela possui todo o catálogo de Star Wars, Marvel e Pixar, um combo irresistível para toda a família.

Entre seus títulos mais vistos em 2020 encontramos séries como "The Mandalorian" e "Os Simpsons", e filmes como "My Poor Little Angel" e "Avengers: Endgame".

As plataformas OTT vieram para ficar e cada vez mais pessoas as preferem ao  invés da mídia tradicional. 

Na Mediastream, implementamos plataformas de streaming há doze anos, gerenciando e distribuindo conteúdo de algumas das maiores empresas da América Latina. 

Para saber mais sobre a nossa plataforma OTT baixe o nosso PDF clicando aqui.

entre em contato
Mediastream

Últimos Posts

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência no nosso site e gravar as informações quando você nos solicita um contato. Ao acessar o site Mediastream você concorda com a utilização desses recursos. Para mais informações confira nossa Política de Privacidade.
Concordo